Médias Móveis - Trader Gráfico - Robôs, Cotações, Notícias e Análises Bovespa
  • Clique aqui para voltar e escolher outra Newsletter.


    Análise Técnica e SuperSinais
    Ano 2 - Número 15 - Segunda-feira, 24/03/2008


    Esta Newsletter é enviada Semanalmente a todas as pessoas devidamente cadastradas no site www.tradergrafico.com.br/newsletter e tem por objetivo apenas informar ao seu público alvo detalhes sobre indicadores, funções e análises necessários para uma avaliação de ativos e empresas associados a renda variável. Esta Newsletter não produz e não produzirá análises ténicas sobre nenhum ativo ou empresa.


    Médias Móveis

    Voltamos esta semana a explanar mais um tema da Análise Técnica. Embora já tenhamos falado aqui dos indicadores técnicos MACD e Histograma MACD, indicadores estes baseados em médias móveis, ainda não havíamos falado sobre as próprias médias móveis.

    As médias móveis nada mais são do que linhas traçadas dentro de um gráfico de preço que se movem sempre que um novo preço é inserido no gráfico. Elas são calculadas normalmente sobre o preço de fechamento e podem representar tendências de curto, médio ou longo prazo, quem define isto é o próprio analista que escolhe qual o número de preços históricos que deve ser utilizado para o cálculo da média.

    A esta altura a dúvida é: qual média será esta? E não há apenas uma resposta, mas várias. Podem ser utilizados vários tipos de médias estatísticas para o cálculo de uma média móvel, porém aqui vamos explicar apenas os dois tipos mais utilizados, a Média Móvel Simples, calculada com base na média simples entre os preços, e a Média Móvel Exponencial, calculada com base na média exponencial.

    Antes de mostrarmos como se calcula esta média móvel e conseqüentemente entermos qual a sua interpretação, temos que saber que o resultado será uma linha contínua não linear que poderá ser usada como Suporte e Resistência dos preços. Como a linha é móvel, este conceito de Suporte e Resistência utilizando-se médias móveis deve sempre acompanhar outras análises, pois é muito volátil e reversível.

    Fórmula das Médias Móveis:



    Embora o resultado das duas médias seja parecido, a média móvel exponencial aproxima um pouco o resultado da média com o do último preço, por isso, a média móvel exponencial tem um tempo de resposta menor do que a média móvel simples, sendo mais usada quando se quer dar maior peso aos últimos dias da seqüência.

    Isto não quer dizer que uma é melhor do que a outra, como tudo em análise gráfica, cada gráfico mostra resultados melhores com um tipo de indicador, portanto deve-se testar sempre os dois tipos de médias móveis no gráfico específico que se quer analisar antes de tirar a conclusão de qual média móvel usar.

    Médias Móveis


    Na imagem acima podemos ver um gráfico com quatro médias móveis. Na primeira imagem são mostradas duas médias móveis simples, uma de 5 dias (pois o gráfico é diário) e outra de 9 dias. Na segunda imagem são mostradas outras duas médias móveis, só que exponenciais, também de 5 e 9 dias. Note que as médias móveis exponencias estão sempre mais perto do preço de fechamento do que as simples, confirmando o efeito explicado acima.

    Note também que há momentos em que as linhas que correspondem às médias se cruzam. Às vezes a média de 5 dias cruza a média de 9 dias para baixo e outras vezes cruza para cima. O que isto quer dizer? Para responder a esta pergunta temos mais uma imagem, só que com Médias Móveis Simples de 10 e 21 dias:

    Cruzamento de Médias Móveis


    O cruzamento de médias móveis de diferentes períodos indica a direção da tendência. Regras de Operação:
    • Quando a média móvel mais curta (10 dias) cruza a mais longa (21 dias) para baixo é tendência de baixa;
    • Quando a média móvel mais curta (10 dias) cruza a mais longa (21 dias) para cima é tendência de alta.
    Note que no dia 04/12/07 o cruzamento indica uma tendência de baixa, mas os preços sobem em vez de cair. Isto é comum neste tipo de análise, pois este sinal é reativo, ou seja, mostra a tendência com base em uma análise simples dos últimos dias, caso o preço mude de direção mais rápido do que se espera as médias perdem a validade.

    Para aprimorar este sistema de cruzamento de médias foi desenvolvido o indicador MACD, que mostra os mesmos sinais aqui descritos, mas também mostra outros sinais mais apurados e pró-ativos, que mostram tendências de preço que vão ocorrer a partir de certo ponto. Como este indicador já foi discutido aqui, agora você pode visitá-lo clicando no link acima e relembrar os seus conceitos.

    Uma boa semana a todos!

     
    Você pode inserir Médias Móveis Simples e Exponenciais em suas análises no Trader Gráfico utilizando os menus:

    Estudos > Média Móvel Exponencial ou

    Estudos > Média Móvel Simples


    Carlos Martins: Profissional de Investimento Certificado APIMEC - CNPI, autor do livro "Os Supersinais da Análise Técnica" (Ed. Campus-Elsevier, 2010) e sócio-fundador do Trader Gráfico.

    Facebook Twitter