Movimento Direcional - DMI - Trader Gráfico - Robôs, Cotações, Notícias e Análises Bovespa
  • Clique aqui para voltar e escolher outra Newsletter.


    Análise Técnica e SuperSinais
    Ano 2 - Número 41 - Segunda-feira, 22/09/2008


    Esta Newsletter é enviada Semanalmente a todas as pessoas devidamente cadastradas no site www.tradergrafico.com.br/newsletter e tem por objetivo apenas informar ao seu público alvo detalhes sobre indicadores, funções e análises necessários para uma avaliação de ativos e empresas associados a renda variável. Esta Newsletter não produz e não produzirá análises ténicas sobre nenhum ativo ou empresa.


    Movimento Direcional - DMI

    Nesta semana falaremos de um estudo técnico muito versátil chamado Movimento Direcional - DMI (Directional Moving Index). Este estudo tem a característica de definir a tendência atual de um ativo, além emitir sinais de compra e venda e ainda prever reversões.

    O DMI é plotado em uma escala que vai de 0 a 100 e possui três linhas. Duas linhas são chamadas de linhas de tendências, uma positiva, chamada DI+, e outra negativa, chamada DI-, e a terceira linha é a chave para o sucesso deste indicador, chamada ADX, ela é uma média móvel da diferença entre DI+ e DI-.

    Como normalmente ocorre nos estudos, quando a linha DI+ cruza a linha DI- para cima, temos uma indicação de início de tendência de alta e quando a linha DI- cruza a DI+ para cima, temos a indicação do início de uma tendência de baixa. Porém, podemos tirar deste estudo uma informação muito importante, que são os momentos de indefinição. Sendo assim, podemos utilizar a linha ADX para confirmar os cruzamentos de DI+ e DI-. Sempre que a linha ADX estiver subindo, é um sinal de que a tendência está ganhando força e quando ela estiver caindo, a tendência está perdendo força.

    Mais do que isso, se a linha ADX ficar acima das outras duas, temos um sinal de indefinição, que mostra uma exaustão da tendência anterior, seja ela de alta ou baixa, e possível reversão.

    Por ser preciso em identificar o timing de cada tendência, é comum utilizarmos o DMI em conjunto com outros indicadores, aguardando o sinal do DMI sobre qual a tendência atual e depois utilizando outro indicador para obter confirmações de sinais de compra ou venda de acordo com a tendência marcada.

    Abaixo temos um exemplo do uso do DMI sozinho. Note que o fundo verde claro do indicador marca tendências de alta, o fundo vermelho claro tendências de baixa e o fundo totalmente branco momentos de indefinição.

    DMI


    No gráfico acima foi utilizado um DMI de 8 períodos, que mostra vários momentos de alta, baixa e indefinição intercalados, dando a noção que o ideal é realmente confirmar os pontos de entrada e saída com outros indicadores. Porém, se aumentarmos o seu período para 14 (padrão) ou 20, diminuiremos os espaços de indefinição (com fundo branco) e abriremos possibilidade de utilizar o DMI para emitir sinais de compra e venda, além de marcar o início de tendências.

    Sempre devemos ter em mente que o ideal é utilizar pelo menos mais um indicador com o DMI, embora seja possível utilizá-lo sozinho.



     
    Você pode adiconar o estudo DMI no Trader Gráfico utilizando o menu:

    Estudos > Rastreadores de Tendência > Movimento Direcional - DMI

    Este indicador faz parte do Curso de Análise Técnica II, para mais informações sobre cursos acesse:

    http://www.tradergrafico.com.br/cursos

    Carlos Martins: Profissional de Investimento Certificado APIMEC - CNPI, autor do livro "Os Supersinais da Análise Técnica" (Ed. Campus-Elsevier, 2010) e sócio-fundador do Trader Gráfico.

    Facebook Twitter