Endividamento - Trader Gráfico - Robôs, Cotações, Notícias e Análises Bovespa
  • Clique aqui para voltar e escolher outra Newsletter.


    Análise Técnica e SuperSinais
    Ano 2 - Número 32 - Segunda-feira, 21/07/2008


    Esta Newsletter é enviada Semanalmente a todas as pessoas devidamente cadastradas no site www.tradergrafico.com.br/newsletter e tem por objetivo apenas informar ao seu público alvo detalhes sobre indicadores, funções e análises necessários para uma avaliação de ativos e empresas associados a renda variável. Esta Newsletter não produz e não produzirá análises ténicas sobre nenhum ativo ou empresa.


    Endividamento

    Esta semana vamos comentar um pouco sobre um assunto que a primeira vista pode "assustar" um pouco o Investidor: o ENDIVIDAMENTO.

    Diz o bom senso que se uma empresa apresentar um certo grau de endividamento, ela está em "maus lençóis", certo? - Não necessariamente!

    Nossa cultura diz que apresentar um "caixa saudável" ou "balanço limpo" ostentando uma condição de auto-suficiência é sinônimo de uma boa gestão. – Há controvérsias!

    Quando identificamos, através das análises fundamentalista e técnica, que uma determinada empresa tem um bom potencial e pode ser uma boa pedida para merecer nosso investimento, mas apresenta um grau de endividamento elevado, o que fazer?

    Vamos examinar a qualidade da operação, o capital de terceiros é:
    1. Para honrar dívidas a curto prazo?
    2. Uma operação a curto ou a longo prazo?
    3. Para alavancar vendas e lucros, através de expansões e ou novos segmentos?
    4. Para ser usado em imobilizações não operacionais que não trazem retorno financeiro?
    Para obter respostas às questões acima, podemos fazer o seguinte:
    1. Examinar o balanço patrimonial em diferentes períodos e observar as mutações.
    2. Ler atentamente as notas explicativas, os fatos relevantes e o parecer dos auditores. As empresas de capital aberto têm de fornecer dados sobre dívidas contraídas.
    3. Examinar o EBITDA, objeto de newsletter anterior, e avaliar a capacidade de a empresa gerar resultados operacionais para honrar as dívidas.
    O ideal para uma boa gestão financeira é o equilíbrio correto entre o uso de capital próprio e o de terceiros, Uma administração financeira eficiente e competente faz uso de todas as opções possíveis para financiar seus negócios e projetos, isto demonstra maturidade e visão de longo prazo, o que convenhamos é um excelente indicador para nossa escolha.

    Fórmula do Grau de Endividamento, GE:

    % GE = 100 x Exigível Total / Patrimônio Líquido

    Este índice nos indica o percentual do PL (Patrimônio Líquido) comprometido junto aos credores.

    Até a próxima semana!

     
    Você pode analisar os balanços das empresas listadas na Bovespa de dentro do Trader Gráfico utilizando o menu:

    Estudos > Fundamentos da Empresa > Demonstrativos Financeiros

    J. Paulo Filho
    Consultor de Planeja-mento Financeiro da Equipe Trader Gráfico.

    Facebook Twitter