Dividend Yield - Trader Gráfico - Robôs, Cotações, Notícias e Análises Bovespa
  • Clique aqui para voltar e escolher outra Newsletter.


    Análise Técnica e SuperSinais
    Ano 2 - Número 26 - Segunda-feira, 09/06/2008


    Esta Newsletter é enviada Semanalmente a todas as pessoas devidamente cadastradas no site www.tradergrafico.com.br/newsletter e tem por objetivo apenas informar ao seu público alvo detalhes sobre indicadores, funções e análises necessários para uma avaliação de ativos e empresas associados a renda variável. Esta Newsletter não produz e não produzirá análises ténicas sobre nenhum ativo ou empresa.


    Dividend Yield

    Alguns índices da Análise Fundamentalista são mais ou menos importantes para a tomada de decisão de se investir numa determinada empresa, dependendo do perfil do investidor.

    Se o investidor pretende segurar a ação por um período maior de tempo e espera uma remuneração justa por este tempo, então a análise mais profunda é o entendimento dos índices que medem a distribuição de dividendos, como o Payout e o Dividend Yield, serão de uma grande importância.

    O Dividend Yield (rendimentos em dividendos) é a relação entre o dividendo pago por uma ação de uma empresa e o preço de mercado dessa mesma ação. Quanto maior for o Dividend Yield, melhor será o resultado da empresa ou mais vantajosa será sua política de distribuição de lucros aos acionistas.

    A fórmula para o cálculo e á seguinte:

    Dividend Yield


    Supondo que o dividendo pago por uma empresa por ação foi de R$ 3,00 e o valor dessa mesma ação no mercado é de R$ 15,00, então o Dividend Yield será de 20%.

    Você pode, a grosso modo, dessa forma calcular o retorno do seu investimento "ROI" usando este indicador:

    Se o Dividend Yield é de 20% ao ano, teremos, teoricamente, o retorno em 5 anos, ou seja, 100 / 20 = 5.
    Onde 100 é o valor da ação e 20 o Dividend Yield.

    Via de regra quando uma empresa tem um bom nível de lucros, já está estabelecida no mercado e não tem mais necessidade de investir em expansões ou em novos segmentos, ela repassa os lucros aos acionistas através de uma taxa de dividendos elevada.

    O parágrafo acima nos coloca em um dilema: Então as empresas que pagam bons dividendos são empresas que estão no fim do ciclo? A resposta é não, por isto quando vamos adicionar uma empresa em nossa carteira, devemos analisar o contexto da análise fundamentalista como um todo.

    Reiteramos que a análise fundamentalista deve sempre levar em consideração as projeções e expectativas futuras, sendo assim, o ambiente macro econômico e o segmento da empresa analisada no mercado são igualmente importantes para uma tomada de decisão da escolha da empresa que irá merecer seu investimento.



     
    Você pode ver os dividendos pagos de dentro do Trader Gráfico utilizando o menu:

    Estudos > Fundamentos da Empresa > Proventos em Dinheiro

    J. Paulo Filho
    Consultor de Planeja-mento Financeiro da Equipe Trader Gráfico.

    Facebook Twitter