Super Candlesticks - Padrões de operação na prática - Trader Gráfico - Robôs, Cotações, Notícias e Análises Bovespa
  • Clique aqui para voltar e escolher outra Newsletter.


    Análise Técnica e SuperSinais
    Ano 4 - Número 77 - Sábado, 02/01/2010


    Esta Newsletter é enviada Semanalmente a todas as pessoas devidamente cadastradas no site www.tradergrafico.com.br/newsletter e tem por objetivo apenas informar ao seu público alvo detalhes sobre indicadores, funções e análises necessários para uma avaliação de ativos e empresas associados a renda variável. Esta Newsletter não produz e não produzirá análises ténicas sobre nenhum ativo ou empresa.


    Super Candlesticks - Padrões de operação na prática

    O que você diria se alguém lhe dissesse que encontrou um estudo técnico que acertou 100% das operações no gráfico diário de VALE5 (Vale PN) entre Novembro/2006 e Novembro/2009, ou seja, por TRÊS anos seguidos? E se o ganho neste período fosse de 190%? E se os 100% de acerto destes três anos tivessem ocorrido para mais 9 ações (OGXP3, BVMF3, SBSP3, PSSA3, BRAP4, LLXL3, JHSF3, GOAU4, VALE3)?

    Estamos falando de padrões de candlesticks, escola oriental (japonesa) de análise gráfica. Padrões tão complicados de entender e usar que poucas pessoas se arriscam a operá-los, mesmo sabendo que o seu resultado é magnífico.

    São tantos nomes e variáveis que demorei dois anos para conseguir extrair a sua essência para estudos automatizados. Mas agora que consegui, compartilho os resultados com você assinante. A lógica todos conhecem (ou podem conhecer estudando), o jeito de utilizá-la foi sintetizado para fornecer apenas um resultado: LUCRO. Como sempre, fiz de um jeito que você não precisa entender, basta ligar o estudo e o Trader Gráfico lhe dará os sinais!

    Primeiro vamos à resposta das perguntas do primeiro parágrafo. O padrão que deu estes resultados é o Envolvente, já tratado em Newsletters anteriores. Fora ele, mais três padrões são tratados nos novos estudos, o Bebê Abandonado, o Piercing Line / Nuvem Negra e a Ilha de Reversão. Este último é mais ocidental do que oriental, mas para nós ele guarda algumas diferenças em relação ao seu amigo oriental, o Bebê Abandonado.

    Os padrões Envolvente e Piercing Line / Nuvem Negra foram tratados em outras Newsletters, por isso não vou repetí-los, assim como a Ilha de Reversão. Já o Bebê Abandonado, precisa de explicações, como segue:

    Quem ler as Newsletters anteriores pelos links acima verá que o nome Bebê Abandonado não é citado, embora eu o explicasse nos cursos que dei sobre o tema nos últimos anos. O que citei nas Newsletters foram vários padrões com o nome ESTRELA. Estrela de Alta, Estrela da Manhã, Estrela da Noite, Estrela Doji entre outras. Todos estes padrões são muito parecidos e a sua lógica de operação também é muito semelhante, o que muda é a intensidade da força da tendência futura que cada um revela. Como para mim o que importa é lucro e todos estes padrões são fortes o suficiente para iniciar uma operação, juntei-os todos sob o nome de um outro padrão famoso, o Bebê Abandonado.

    Que não me entendam mal os puristas da análise de candlesticks, Bebê Abandonado é um padrão de reversão que possui três candles, por exemplo, no sinal de venda dois candles ficam totalmente abaixo de um preço X (máxima, mínima, abertura e fechamento) e um candle, necessariamente o do meio, com todos os preços acima deste mesmo preço X. Isto caracteriza o que nós ocidentais chamamos de Ilha de Reversão, a diferença é que para nós tal ilha pode ser formada para vários candles intermediários, enquanto que o Bebê Abandonado é formado por apenas um, da mesma forma que todas as estrelas citadas anteriormente.

    Então o que fiz foi simplificar e rebatizar. Primeiro, cortei os preços de máxima e mínima da lógica do Bebê Abandonado. Considero-o como um padrão se apenas abertura e fechamento se enquadrarem nas regras explicadas acima, excluindo máxima e mínima. Com isto, percebi que todas as estrelas também se enquandram nestas regras, por isso, o meu Bebê Abandonado é uma regra geral de estrelas, enquanto que a minha Ilha de Reversão preenche o vazio deixado pelas máximas e mínimas do Bebê Abandonado e ainda amplia a sua utilização.

    Agora vamos à prática. Abaixo, o exemplo dado logo no início com a VALE5 e o padrão Envolvente, seguido pelos demais padrões. Após a figura temos as explicações:



    Na prática, os padrões de candlesticks, sejam eles quais forem, ajudam muito na tomada de decisão em operações já em andamento. Por exemplo, se você está comprado em determinada ação e vê um sinal de venda causado por um padrão Envolvente, você vai interromper a sua estratégia anterior e vender. Por isso, os estudos aqui criados não podem simplesmente marcar compra e venda, eles precisam mostrar quando os padrões ocorrem, mesmo que o padrão seja no mesmo sentido do padrão anterior.

    Na imagem acima, os padrões são mostrados dentro dos gráficos auxiliares e não no principal. Isto tem uma razão, precisamos separar a lógica de cada padrão para poder tomar a decisão de forma correta. Desta forma, se você observar o primeiro gráfico auxiliar do padrão Envolvente, verá uma linha que oscila entre 0 (zero), +0.5 (mais meio), +1 (mais um), -0.5 (menos meio) e -1 (menos um). Este padrão de oscilação é seguido pelos demais estudos, com um detalhe na Ilha de Reversão onde estes números são multiplicados por 100000 (cem mil) apenas para ajuste gráfico.

    Se a linha fizer um pico positivo (+1), significa que o padrão apareceu dando sinal de compra. Se o estudo não estava comprado, o software marca +1 e começa a marcar o fundo verde, deixando a linha a partir do próximo candle no valor positivo de +0.5, desta forma, se novos sinais de compra aparecerem, novos picos +1 são formados, mesmo com o estudo já estando comprado. Quando tivermos um sinal de venda, teremos -1 e na sequência manteremos a linha em -0.5 com fundo vermelho até um novo padrão aparecer, seguindo a mesma lógica da compra.

    Note que este tipo de gráfico pode ser utilizado de duas formas. 1) Sozinho como sinal de compra e venda ou cruzado com outros estudos pela tela automatizada de Estratégias. 2) Como alerta visual ao investidor, gerando sinais que podem modificar a sua tomada de decisão, onde cada pico +1 ou -1 o faz redefinir sua estratégia.

    É importante ressaltar, que cada padrão se encaixa melhor em um tipo de ação. No exemplo citado acima, o Envolvente é muito bom para VALE5, mas se você quiser operar PETR4 (Petrobras PN) o padrão Bebê Abandonado dará melhores resultados. Ou seja, você precisa testar cada padrão no seu conjunto de ativos preferidos e verificar qual deles melhor se encaixa para cada ação. Uma vez tudo definido, basta abrir o estudo no gráfico correto e acompanhar.

    Resumindo esta Newsletter, empacotamos os temidos candlesticks. Agora você pode fazer back-tests e adicionar um novo crivo às suas análises sem precisar comprar livros e fazer cursos sobre candlesticks. Claro que eu recomendo que você leia livros e faça cursos, mas também acho que a falta deles não deve excluir-lhe de ter lucro usando estes padrões magníficos.

    Um feliz 2010 a todos, de muito sucesso e realizações!

     
    Os estudos Super Candlesticks, estão disponíveis no Trader Gráfico pelos menus:

    Estudos > Estudos Personalizados > Candlestick - Bebê Abandonado
    Estudos > Estudos Personalizados > Candlestick - Envolvente
    Estudos > Estudos Personalizados > Candlestick - Piercing _ Nuvem Negra
    Estudos > Estudos Personalizados > Ilha de Reversão

    Carlos Martins: Profissional de Investimento Certificado APIMEC - CNPI, autor do livro "Os Supersinais da Análise Técnica" (Ed. Campus-Elsevier, 2010) e sócio-fundador do Trader Gráfico.

    Facebook Twitter