Blog

←Voltar

HiLo Activator

Ano 2, No 46, Data 27/10/2008

Carlos Martins: Profissional de Investimento Certificado APIMEC CNPI, autor do livro "Os Supersinais da Análise Técnica" (Ed. CampusElsevier, 2010) e sóciofundador do Trader Gráfico.



No mercado de ações é muito importante trabalharmos sempre com ordens STOP. Elas protegem nossas posições de oscilações bruscas e reversões de tendência, mas também são comumente utilizadas como estratégia de venda, mais conhecidas como STOP Móvel.

Uma estratégia para cálculo de STOP Móvel bastante utilizada é o estudo Parabólico SAR já tratado aqui nas nossas newsletters. Nesta semana veremos um outro estudo para cálculo de STOP Móvel mais abrangente que o Parabólico, o HiLo Activator.

Derivado das palavras em inglês High (máxima) e Low (mínima), este estudo desenha o STOP Móvel de uma forma simples e eficaz. Ele funciona calculando-se uma média móvel simples (MMS) das últimas máximas e outra MMS das últimas mínimas. Normalmente utilizando-se as últimas 3 barras do gráfico.

O seu diferencial está no fato de que apenas uma destas médias é mostrada no gráfico, de forma que elas se alternem como os valores desejados de STOP Móvel na compra e na venda. Quando os preços estão subindo, é traçada no gráfico a média móvel simples das últimas mínimas, que servirá como parâmetro para o preço de disparo do STOP Móvel. A cada nova barra a MMS das mínimas terá um novo valor até ser rompida, ou seja, até que o preço a ultrapasse para baixo.

Quando a MMS das mínimas é rompida, ela para de ser desenhada e quem passa a ser desenhada é a MMS das máximas, que servirá como base para o STOP Móvel de uma venda a descoberto ou como ponto de compra em seu rompimento.

Abaixo um exemplo deste estudo. A MMS das mínimas foi traçada em azul e a MMS das máximas em vermelho:

Responsive image


Da mesma forma que outros estudos de cálculo de STOP Móvel, o HiLo Activator deve ser utilizado quando o gráfico está em tendência definida, seja ela de alta ou de baixa. Em gráficos indefinidos o estudo dará muitos sinais falsos, com entradas e saídas constantes.

O grande benefício deste estudo é poder ser utilizado em qualquer tempo gráfico, desde o diário ou semanal, até o Intraday de 1 minuto. Da mesma forma que ocorre em outros estudos da análise gráfica, aumentando-se o período de cálculo para um número superior aos 3 períodos sugeridos, como 20 por exemplo, o investidor terá um estudo mais lento e suave, onde as entradas e saídas serão mais atrasadas, porém com menos sinais falsos.

Responsive image


Acima o HiLo de 20 períodos, os sinais de compra e venda são mais bem definidos, mas também são mais lentos. Em qualquer configuração os sinais falsos aparecem quando os gráficos ficam indefinidos. É importante utilizar outros estudos para definir a tendência do gráfico antes de usar o HiLo.

 
Responsive image
O Trader Gráfico na sua versão 3.0 será lançado nesta semana com o estudo HiLo e diversas novas funções exclusivas.

(11) 2122-4044
Telefone e WhatsApp - Horário Comercial

Suporte Técnico e Comercial, entre em contato com a nossa equipe sempre que precisar. Você também conta com o e-mail trader@tradergrafico.com e com uma vasta Documentação e Artigos Técnicos na nossa Ajuda.

CLIENTES Não-Profissionais
Apenas para produtos com Cotações em Tempo Real

Usuários finais, pessoas físicas, que utilizam o serviço única e exclusivamente para benefício próprio, sem fins comerciais ou profissionais, na base de um terminal por CPF e endereço.

CLIENTES Profissionais
Apenas para produtos com Cotações em Tempo Real

Agentes Autônomos, operadores de mesa e consultores são Usuários Profissionais. Acrescentar R$ 130/mês para Bovespa e mais R$ 130/mês para BM&F, de acordo com a política comercial da B3.