Blog

←Voltar

Payout

Ano 2, No 25, Data 02/06/2008

Carlos Martins: Profissional de Investimento Certificado APIMEC CNPI, autor do livro "Os Supersinais da Análise Técnica" (Ed. CampusElsevier, 2010) e sóciofundador do Trader Gráfico.



Na última newsletter falamos sobre o índice P/L, onde uma das premissas era que todo o lucro da empresa era do acionista. Essa premissa é uma pré-condição para poder comparar os índices P/L de empresas de setores diferentes, porém, é muito difícil o lucro ser todo do acionista no mundo real.

Hoje veremos que existe um outro índice de mercado que mede quanto do lucro da empresa é distribuído ao acionista na forma de dividendo, ele é chamado Payout.

O seu cálculo é simples:

Responsive image


Normalmente este índice é dado em porcentagem, para isto basta multiplicar o seu resultado por 100.

Pela legislação brasileira, as empresas listadas em bolsa são obrigadas e pagar no mínimo 25% do seu lucro líquido ajustado na forma de dividendos. Porém, a palavra ajustado faz com que a empresa tenha o direito de diminuir o lucro base de dividendos criando reservas de capital para os mais diversos fins, o que na prática acaba diminuindo o percentual que vai para o bolso dos investidores.

Além disso, este índice não mede se uma empresa é mais lucrativa que outra, mas sim o quanto do lucro é distribuído.

Por exemplo, suponha duas empresas que faturam R$ 100 milhões/ano. A empresa 1 tem lucro líquido de R$ 10 milhões e a empresa 2 tem lucro líquido de apenas R$ 1 milhão, porém as duas pagam R$ 1 milhão em dividendos aos acionistas. Neste caso a empresa 1 tem um Payout de 10% (1 milhão / 10 milhões) enquanto que a empresa 2 tem um Payout de 100% (1 milhão / 1 milhão). Neste exemplo o acionista é remunerado da mesma forma, porém é mais confortável ser sócio de uma empresa que tem um lucro maior, ou seja, da empresa 1. Isto nos leva à conclusão que o Payout sozinho não é uma boa base de comparação entre empresas.

O Payout apenas mede o quanto do lucro é distribuído, mas se a empresa tiver um lucro baixo pode distribuir 100% na forma de dividendos e mesmo assim será pouco. Para comparar as empresas baseando-se na remuneração do dividendo para o acionista, é importante calcular além do Payout um outro índice, chamado Cash Yield ou Dividend Yield. Este índice mostra a razão entre os dividendos pagos e o preço da ação no mercado.

Veremos mais sobre o Cash Yield ou Dividend Yield na próxima semana!

 
Responsive image
Você pode ver o lucro das empresas negociadas na Bovespa dentro do Trader Gráfico utilizando o menu:

Estudos > Demonstração Financeira Resumida

E também pode pode ver os dividendos pagos de dentro do Trader Gráfico utilizando os menus:

Estratégias > Comparação entre Fundamentos Selecionados ou
Estudos > Fundamentos da Empresa > Proventos em Dinheiro
(11) 2122-4044
Telefone e WhatsApp - Horário Comercial

Suporte Técnico e Comercial, entre em contato com a nossa equipe sempre que precisar. Você também conta com o e-mail trader@tradergrafico.com e com uma vasta Documentação e Artigos Técnicos na nossa Ajuda.

CLIENTES Não-Profissionais
Apenas para produtos com Cotações em Tempo Real

Usuários finais, pessoas físicas, que utilizam o serviço única e exclusivamente para benefício próprio, sem fins comerciais ou profissionais, na base de um terminal por CPF e endereço.

CLIENTES Profissionais
Apenas para produtos com Cotações em Tempo Real

Agentes Autônomos, operadores de mesa e consultores são Usuários Profissionais. Acrescentar R$ 130/mês para Bovespa e mais R$ 130/mês para BM&F, de acordo com a política comercial da B3.